Enem 2005 8 – Proposta de Redação

Leia com atenção os seguintes textos:


(O Globo. Megazine, 11/05/2004.)

“A crueldade do trabalho infantil é um pecado social grave
em nosso País. A dignidade de milhões de crianças
brasileiras está sendo roubada diante do desrespeito aos
direitos humanos fundamentais que não lhes são
reconhecidos: por culpa do poder público, quando não atua
de forma prioritária e efetiva, e por culpa da família e da
sociedade, quando se omitem diante do problema ou
quando simplesmente o ignoram em decorrência da postura
individualista que caracteriza os regimes sociais e políticos
do capitalismo contemporâneo, sem pátria e sem conteúdo
ético.”
(Xisto T. de Medeiros Neto. A crueldade do trabalho infantil.
Diário de Natal. 21/10/2000.)
“Submetidas aos constrangimentos da
miséria e da falta de alternativas de
integração social, as famílias optam por
preservar a integridade moral dos filhos,
incutindo-lhes valores, tais como a dignidade,
a honestidade e a honra do trabalhador. Há
um investimento no caráter moralizador e
disciplinador do trabalho, como tentativa de
evitar que os filhos se incorporem aos grupos
de jovens marginais e delinqüentes, ameaça
que parece estar cada vez mais próxima das
portas das casas.”
(Joel B. Marin. O trabalho infantil na agricultura moderna.

“Art. 4o. – É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do Poder Público assegurar, com absoluta

prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à

profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.”

(Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990.)

Com base nas idéias presentes nos textos acima, redija uma dissertação sobre o tema:

O trabalho infantil na realidade brasileira.

Ao desenvolver o tema proposto, procure utilizar os conhecimentos adquiridos e as reflexões feitas ao longo de sua

formação. Selecione, organize e relacione argumentos, fatos e opiniões para defender seu ponto de vista e suas

propostas, sem ferir os direitos humanos.

Observações:

• Seu texto deve ser escrito na modalidade padrão da língua portuguesa.

• O texto não deve ser escrito em forma de poema (versos) ou narração.

• O texto deve ter, no mínimo, 15 (quinze) linhas escritas.

• A redação deve ser desenvolvida na folha própria e apresentada a tinta.

• O rascunho pode ser feito na última folha deste Caderno.

Sobre Gonçalves
Professora de Ensino médio do governo do estado do Espírito Santo.

3 Responses to Enem 2005 8 – Proposta de Redação

  1. Jordan , Patricia e Suzanne disse:

    O trabalho infantil é proibido por lei para menores de 14 anos, essa idade pode ser como aprendiz e a partir dos 16 como empregado. Essa lei não é seguida em muitos lugares, já que é visível a exploração do trabalho infantil, falta fiscalização.
    Crianças que auxiliam seus pais a fim de aumentar a renda de sua família, outras que são exploradas sexualmente, meninas que trabalham como domésticas na classe média alta.
    As ruas são tomadas de menores vendendo bala, vendendo jornal no semáfaro e muitas apanham senão voltarem com dinheiro para casa. Mas qual é a causa de tudo isso?
    A miséria amedronta, chegar em casa e não ter o que colocar no prato, ver o filho passar frio, fome.
    A falta de oportunidade de trabalho, a renda baixíssima dos pais, a não alfabetização, também são fatores que contribuem para a pobreza.Muito se diz que lugar de criança é na escola, a realidade das famílias carentes nos é obscuro, é o que fazemos para ajudar? Apenas criticamos ou temos o sentimento de piedade?
    É pouco, podemos mais, muito mais.
    Há medo, dor, sofrimento, no coração desses menores que trabalham, culpa em muitos pais que não encontram alternativas melhores de sobrevivência, e falta de caráter daqueles que exploram esses menores.
    A ausência escolar prejudica o presente e futuro de uma criança.
    Tem muito menos chance de alcançar um emprego melhor, não conhece sua infância e cresce muitas vezes com angústia, dor, raiva, senão dos pais, talvez da sociedade. Pode tornar-se um criminoso ou prostituta?
    Talvez, porém, hoje notamos que os movimentos, as denúncias, aumentam a cada dia contra a exploração do trabalho infantil.

  2. Marcos e felipe klan (3n2) disse:

    O governo deve, então, prover um incentivo adicional para esses pais que colocam seus filhos em escolas, além do subsídio e da oferta de educação gratúita.
    Tal medida pode encorajar os pais à educação compulsória dos filhos, ao invés de mandá-los para trabalhos escravos, nos quais são não apenas mal pagos, mas permanecem na pobreza e ignorância pelo resto de suas vidas. Deve ser iniciada uma campanha massiva em todas as partes do país a fim de deplorar a prática de trabalho infantil e lreforçar nos pais a necessidade de educar seus filhos, mesmo que isso venha a requerir um pouco de sacrifício.

    Embora o trabalho infantil seja visto de forma errada, achamos que ajuda a incentivar o adolescente a inserir-se ao mercado de trabalho

    Acho que os pais devem iniciar os filhos na aprendizagem de suas profissões, além de estímular o conhecimento, a formação educacional.
    O trabalho pode ser uma dedicação…

  3. Ludmila e Lilia disse:

    VITÓRIA ES, 12 DE AGOSTO DE 2010.

    Venho por meio deste comunicar que ao meu ponto de vista a sociedade está cada vez mais desvalorizada e por isso que isto tem acontecido estas coisas hoje em dia, como tentativa de evitar que os filhos se incorporem aos grupos
    de jovens marginais e delinqüentes, ameaça que parece estar cada vez mais próxima das portas das casas, gostaria de apelar aos governadores desse pais q tomasse alguma atitude para essa situação.
    Aguardo Retorno
    Obrigado!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: